Loading...

Desejo Ardente

A falta dele, leva a falência corporativa, antecedida a um período de funeral instalado nas empresas, devastando colaboradores, famílias, parceiros, vidas. O verdadeiro foco, na vida do ser humano, está ficando cada vez mais raro.

Percebo diariamente um massacre das empresas em relação aos seus colaboradores, em virtude de uma sangria por resultados a qualquer preço, de qualquer forma, dia após dia, em virtude da ausência de propósito, ausência de missão clara, falta de sabedoria dos gestores, líderes, gerentes, em lidar com pessoas, suas dores, seus sonhos, seus desejos.

Qual é o desejo ardente da sua empresa? Ou melhor, primeiramente, qual é o seu desejo ardente como pessoa? E no papel de líder, de gestor, de gerente, o que você deseja ardentemente?

A reposta na maioria das vezes é: “Não sei”, “Não sabemos”. As pessoas pararam de sonhar, deslumbram-se erroneamente num mundo digital para camuflar uma dor diária. Existe uma nítida impotência na criação de vínculos e relações interpessoais, olho no olho, pois o mundo é digital e a ausência do desejo ardente está instalada na maioria dos seres humanos, o mundo tornou-se instantâneo e as pessoas descartáveis.

Independentemente do tamanho da sua empresa, do seu mercado e se ela é uma “startup” ou uma empresa centenária, instale o desejo ardente no coração das pessoas, instigue-as a sonharem, estimule-as a viverem as suas causas de verdade, permita com que elas possam ser elas mesmas, incentive o erro das pessoas sem retaliação, lidere pelo exemplo, pois o exemplo arrasta as pessoas a realizações inimagináveis.

Meses atrás, num dos meus workshops de empoderamento pessoal, perguntei a um dos participantes, um profissional de alta performance, qual era o seu desejo ardente. Em poucas e sinceras palavras, disse-me: “Meu desejo ardente diário, é colher altos frutos financeiros todos os meses, através de atendimento excelente aos meus clientes, pois minha mãe tem uma doença rara e necessita viajar ao exterior a cada dois meses para se tratar e sobreviver, então este é o meu desejo ardente, o que me move”.

2018-09-05T13:47:11+00:00agosto 14th, 2018|Textos|0 Comments

Leave A Comment